Fleury

Pedro Serrano

Pedro Serrano está sempre em busca de uma boa história pra contar, fato que provoca sua irremediável insônia. Gosta mesmo é de dirigir atores; em Cuba estudou o Método Stanislavsky e em São Paulo, o Método Meisner, que proporcionam ferramentas complexas ou mais ágeis, utilizadas de acordo com a demanda de cada set. Seu curta “Dá Licença de Contar” foi vencedor de diversos prêmios nacionais e internacionais, incluindo melhor Filme no Festival de Cinema de Gramado e melhor Filme no Festival Internacional de Bilbao. Seu também premiado documentário “Adoniran – Meu Nome é João Rubinato” foi o filme de abertura do Festival É Tudo Verdade 2018. Além do trabalho autoral, tem uma longa estrada dirigindo videoclipes e publicidade para marcas como Heinz, Seara, Itaú, Shell, Nestlé, Natura, Adidas, LG, Elo, Ruffles, entre outras.

#